Dr. Rodrigo Mangaravite

Cirurgião Plástico

Lifting da face

Compartilhe:





Existem duas maneiras de se corrigir os efeitos do tempo. A primeira é manter a aparência jovem tratando os problemas pouco a pouco, assim que ocorrem, com procedimentos estéticos menores, menos traumáticos e mudanças menos drásticas. Este programa de manutenção com pequenas cirurgias constantes é o mais comum hoje em dia. Mas há quem prefira deixar todos os sinais de envelhecimento aparecer para combatê-los ao mesmo tempo. Qualquer que seja a forma, a solução final é o lifting da face, um dos procedimentos mais populares em cirurgia plástica. Mas é bom lembrar que o lifting da face não faz milagres como, por exemplo, transformar um rosto de 60 anos em um de 30 anos. Porém, o lifting da face rejuvenesce, deixa o rosto mais limpo e dá um excelente resultado.

Indicação do lifting da face:

Quando os sinais de envelhecimento, como perda do contorno da mandíbula, queda das bochechas e flacidez de pele no pescoço, ficam evidentes, mesmo após o repouso e a maquilagem, independente da idade do paciente. Faça um teste para saber o que o lifting da face  pode fazer por você – em frente ao espelho, puxe sua pele com uma das mãos em cada lado do rosto, ligeiramente para cima e para trás, com cuidado para não puxar com muita força. Se os cantos da boca ficarem distorcidos, solte um pouco. O resultado do lifting da face equivale a uma puxada leve.

Finalidade do lifting da face:  

Tratar a flacidez do rosto, reposicionar os músculos, remover a gordura excessiva, redesenhar o contorno facial, rejuvenescendo e melhorando a autoestima.

Verdade sobre o lifting da face:

As rugas de expressão, causadas pela contração constante dos mesmos músculos, não podem ser eliminadas totalmente pela cirurgia.

Ideal:

Realizar a cirurgia de lifting da face ao primeiro sinal de flacidez na face e no pescoço, enquanto a elasticidade da pele está preservada e a estrutura óssea é forte e bem definida. Ou seja, entre 40 e 60 anos.

Pescoço:

Em pacientes com sinais leves de envelhecimento no pescoço, a moderna cirurgia plástica recomenda o minilifting, (ou lifting da face com pequenas incisões) em que não há cicatrizes atrás das orelhas. Em casos de muita flacidez da pele e alterações do contorno do pescoço, é usada a técnica tradicional, com incisões atrás das orelhas.

Testa:

Nos últimos anos, surgiram novas técnicas capazes de atenuar as rugas da testa e elevar as sobrancelhas com incisões menores e até com aparelhos de vídeo. Mas em casos de sinais expressivos de envelhecimento na região, a cirurgia tradicional de lifting da face ainda oferece melhores resultados.

Anestesia:

No lifting da face a anestesia pode ser local com sedação ou geral.

Duração:

De duas até seis horas dependendo da extensão da cirurgia de lifting da face – se vai incluir testa, pálpebras, pescoço – e da técnica utilizada.

Tempo de internação:

De 12h, para procedimentos menores, e de 24h, para lifting da face de maior porte.

Pontos:

Os das pálpebras são removidos em três a cinco dias e os da face, pescoço e couro cabeludo entre cinco e 15 dias.

Pós-operatório:

Geralmente é usado curativo tipo capacete após a o lifting da face, que é retirado depois de um dia. Ele comprime e imobiliza os tecidos, reduzindo as chances de sangramento. Normalmente, utiliza-se um pequeno dreno, que é removido em torno de 24h. Os olhos normalmente não ficam tampados, recomendando-se apenas compressas de algodão embebidas em água fria sobre os olhos para diminuir a intensidade dos edemas ou inchaços.

É comum a face ficar inchada e com manchas roxas principalmente nos três primeiros dias após o lifting da face, especialmente na região ao redor dos olhos e orelhas. Não se preocupe. Após o terceiro dia esse edema vai diminuindo. É normal, também, sentir uma rigidez no pescoço e na face nas primeiras duas semanas devido ao inchaço e ao processo de cicatrização.

Recomendações:

O fumo é um grande inimigo da cirurgia de lifting da face e alguns cirurgiões nem operam fumantes por causa dos problemas causadas pela nicotina na cicatrização. Ela diminui o fluxo do sangue até a pele. Portanto, apague esta idéia! Nada de cigarro por pelo menos 14 dias antes da cirurgia.

A maquilagem deve ser evitada por pelo menos dez dias. Depois deste período, uma maquilagem leve é permitida, porém aumente o cuidado para retirá-la. Pode-se lavar o rosto delicadamente com água e sabão neutro ou tirar a maquilagem cuidadosamente com lenço umedecido.
Tome banho normalmente. Os cabelos poderão ser lavados e penteados com cuidado entre o segundo e o sétimo dia depois do lifting da face. É importante secar bem atrás da orelha, para que os cabelos não fiquem grudados nesta região. Mantenha o couro cabeludo bem limpo.

Evite usar o secador de cabelo. Caso seja inevitável, utilize no ar frio. As tinturas de cabelo só poderão ser feitas depois da terceira semana. É importante esperar este tempo para usar qualquer produto químico mais agressivo no couro cabeludo.

Evite a exposição ao sol por dois a três meses após a cirurgia de lifting da face. É indispensável aplicar bloqueador solar no rosto todas as vezes que sair de casa, independente do horário, por
pelo menos seis meses após o ligting facial. Proteja a face com chapéu, óculos escuros e lenços. Estes cuidados podem ajudar a evitar manchas e cicatrizes escurecidas.

Não use brincos pelo menos durante um mês. Faça repouso por sete dias, mantendo sempre a cabeça elevada. Durma de barriga para cima. Dormir de lado pode deixar um lado mais inchado que o outro. Se isso ocorrer, não se preocupe: não vai prejudicar o resultado do lifting da face. Procure falar pouco, ficar longe do telefone e nada de sorrir em excesso, para evitar aumento do inchaço e sangramento.

Não ingira bebidas alcoólicas uma semana após a cirurgia do lifting da face. O álcool pode aumentar o edema. Prefira alimentos pastosos, que não exijam muita mastigação.
Quando precisar se virar, vire o corpo inteiro, evitando virar apenas a cabeça. Relações sexuais ficam proibidas pelo menos por duas semanas pelo risco de sangramentos e traumatismos.

 Não faça nenhum esforço físico significativo na primeira semana após o lifting da face. Ginástica, só depois de um mês. Exercícios de contato, como o tênis, só estão liberados depois de dois meses.
 Dirigir, só depois de três semanas, porque os movimentos bruscos com a cabeça podem aumentar o inchaço e causar dores no pescoço.

Cicatrizes:

Discretas, posicionadas nas rugas naturais da pele e no couro cabeludo. Levam de seis meses a dois anos para amadurecerem totalmente.

Dor:  

O lifting da face é geralmente indolor. Ocorre um discreto desconforto ao virar a cabeça e abrir a boca. Por isso, evite movimentos bruscos com a cabeça. Caso haja dor, o uso de analgésico é indicado.

Cuidados especiais:

Drenagem linfática é recomendada depois do lifting da face, para acelerar a reabsorção do inchaço e evitar o aparecimento de irregularidades e depressões nas áreas
tratadas. Devem começar cinco dias após o ato cirúrgico.

Lembre-se:

O processo de envelhecimento é contínuo. Não para com o lifting da face. Fatores como a genética, a idade, a raça, doenças, a nutrição e o estilo de vida contribuem para a manutenção ou não do resultado a um prazo mais longo. Mas, por melhores que sejam os resultados, pode-se tornar necessário repetir o procedimento após cerca de 10 anos.




Procedimentos Faciais Procedimentos do Corpo Procedimentos não Cirúrgicos

Deseja mais informações?

Nós temos uma equipe preparada a atendê-lo para mais informações clique no botão abaixo

Assine nossa Newsletter

Para receber informações diretamente pelo seu email de uma forma simples e fácil assine a nossa newsletter.

Copyright © Dr. Rodrigo Mangaravite 2010. All rights reserved.

Desenvolvido por Doctors Solution.